Manhê Moda & Beleza - 8 suplementos sob medida para mulheres

Olá Manhê,

Eles queimam calorias, aumentam a massa muscular e reduzem os sintomas da menopausa


Controlar o peso, fazer atividades físicas, manter a pele firme. Depois dos 30, o metabolismo da mulher começa a sentir os efeitos das mudanças hormonais, o que torna ainda mais difícil alcançar essas metas. Para enfrentar os novos desafios, suplementos e mudanças na alimentação podem ser aliados, indica a nutricionista Tércia Casto, da Nação Verde.
 “A suplementação nos ajuda tanto na reposição de vitaminas e minerais como também auxilia a alcançar um melhor condicionamento físico de forma saudável", explica.

Mas como escolher a suplementação ideal? “O primeiro passo é entender que a absorção e a eficiência de cada componente difere entre homens e mulheres”, destaca a nutricionista. A especialista indica três passos para o melhor condicionamento físico com a ajuda de suplementos:

Controle hormonal

Muitas mulheres perdem a resistência física devido ao descontrole hormonal. Portanto, o primeiro passo é trabalhar com uma suplementação com:

Óleo de prímula – a Prímula, uma flor silvestre que cresce na América do Norte e na Europa, é rica em ômega 6, ajuda a regular e reduzir os picos hormonais que provocam inchaço, cansaço e irritabilidade, a famosa TPM. Além de ser eficaz em problemas de pele como a acne.

Maca peruana – raiz de formato semelhante ao nabo, é estimulante lipídico e reprodutor, produz saciedade e reduz os sintomas da menopausa.

Multivitaminico –  é um composto de vitaminas e sais minerais com papel importante no organismo, como a presença de vitamina E e o selênio, para regular o metabolismo tireóideo e aumentam o fluxo de oxigênio das células, proporcionando bem-estar e equilíbrio hormonal.

Fortalecimento da musculatura

O segundo passo é alternar atividades aeróbicas e anaeróbica para fortalecer a massa magra e queimar a massa gorda. Neste momentos os bons aliados são os aminoácidos e proteínas isoladas como:

Creatina – aumenta a capacidade hídrica das células musculares, tornando-as mais elásticas e permitindo um melhor delineamento muscular. Também contribui para o aumento de resistência e força.

Glutamina – além do efeito de hipertrofia da creatina, ajuda a reduzir fadiga e o lactato pós atividade física (dores musculares) e protege a massa magra.

BCAA – um aminoácido de cadeia ramificada, composto por valina, leucina e isoleucina, previne contra danos negativos as fibras musculares, reduz o catabolismo proteico, melhora celulite e flacidez e ajuda a dar mais energia no pré treino.

Whey Protein – um clássico da suplementação, a proteínado leite contribui para reconstrução da massa muscular lesionada com a atividade física e também atua no emagrecimento, rejuvenescimento dos tecidos e controle do apetite.

Pele firme e sem flacidez

A mulher sente o envelhecimento muito mais rapidamente que o homem. Isso ocorre por causa da redução do colágeno, proteína que garante a sustentação celular e das fibras da pele. Os suplementos que ajudam a equilibrar a quantidade do nutriente são diferentes de de acordo com a idade:

Coenzima Q 10 - entre os 30 e 40 anos, as mulheres não precisam repor o colágeno “O mais indicado é estimular a síntese do colágeno endógeno, ou seja, produzido pelo próprio corpo”, destaca.  A Coenzima Q 10 ajuda nesse processo, suavizando marcas de expressão e retardando o envelhecimento cutâneo. E, de quebra, ainda reduz o LDL Colesterol e controla a pressão arterial.

Colágeno - após os 40 anos, com a redução mais acentuada da proteínas, o ideal é fazer a suplementação direta da proteína exógena, de origem animal. Para os veganos e vegetarianos, uma alternativa é a gelatina agar-agar, feita com algas marinhas vermelhas.

Acesse - Conheça e Saiba mais http://www.nacaoverde.com.br/